março 08, 2014

8 de março


Não vejo o dia de hoje como um feriado, até porque não é, não vejo tão somente como uma data festiva, não vejo como uma desculpa para dar aquele abraço na sua mãe, vó ou namorada. O dia de hoje é um troféu. Talvez meu professor relembre dessa frase, escrevi ela algumas horas atrás naquele texto do inglês. Sim, um troféu. É um ganho pelos anos de luta, pelas milhares de ofensas diárias, pela árdua tarefa que é simplesmente ser mulher. Mas afinal, o que é ser mulher? 
Mulher não é só esse outro ser humano com partes físicas diferentes dos homens. Mulher tem todos aqueles esteriótipos já definidos, a personalidade muda mesmo, ontem o dia estava lindo e amanhã já nem tanto. A TPM destrói, o chocolate ameniza, mas não sara. A cor do esmalte importa e o corte de cabelo é fundamental, os sapatos fazem a diferença, sejam as que optem pelos confortáveis ou pelos destruidores agulhas. As comédias românticas fazem todo sentido do mundo, todas, independente da idade, já tiveram sua época de querer mergulhar nesses roteiros. O Mr. Darcy é um sonho mesmo com toda a arrogância, e aquela personagem feminina que conseguiu vencer o vilão sempre vai ser a favorita. 
Mulher é aquela pessoa que um dia acordou de madrugada e ficou te olhando dormir, te ajudou na tarefa da escola vezes incontáveis, te levou naquele parque que pra ela nem era tão divertido, construiu seus sonhos e vai te ajudando a subir os degraus até sua vitória. Porque mulher também é mãe. E mãe, ora, vamos, mãe não é explicável nem em mil parágrafos. Mãe é amor. Não tem palavra que mais descreva, porque ambos são intraduzíveis. 
Mulher é aquele ser que batalhou horas a fio para conseguir uma comida para os filhos, que lutou contra o preconceito terrível de ser uma mãe solteira ou de simplesmente não querer casar com alguém anos e anos mais velho só porque o pai mandou, que superou todas as dores femininas - que te digo, não são fáceis - e sorriu em cada obstáculo. E venceu. E foi à luta. E ganhou. Ganhamos. Nosso troféu grita hoje, mas brilha todos os dias. 
Feliz dia da mulher pra você que é mãe, vó, tia, prima, sobrinha, namorada, leitora, amiga. A nossa luta é diária, mas os ganhos também! 

Um comentário:

A Culpa é da Letícia disse...

Achei seu blog tão lindo que está no meu indicados! http://aculpaedaleticia.blogspot.com/ Beijo!