abril 24, 2011

Amigo tempo

Com a falta a gente vai aprendendo a viver, construindo uns pedaçinhos aqui e ali pra ver se tudo se encaixa. Coloca um sorriso no ontem, no hoje, e acaba sorrindo amanhã também. O tempo sabe acostumar, ele ameniza. Pode dizer que não, que é impossível, mas meu caro rapaz, quer exemplo maior que eu aqui vivendo sem o amor? Sim, ele ainda não voltara daquela longa viagem. O coração antes quebrado, destruído, sangrento pelos cantos ainda conseguia bater pelo idiota da rua de cima. Hoje, não entendo bem se morreu de vez ou conseguiu renascer de suas dores. Pra quem antes jurava de pé junto que nunca iria esquecê-lo, que aquela paixão, que já era amor, seria pra sempre, porque é assim que ensinaram nos livros, que se é amor vai durar. Não era amor. Ou era? O amor realmente dura pra sempre? Porque eu amei, sim, amei com todas as forças de um coração doído. Mas não vingou. Precisava do outro coração dando força do outro lado. Amor, me deixaras mesmo? Desistira de mim? Enfim, agradeço.
Pois é, sim senhor, agradeço toda essa ausência de borboletas e sorrisos bobos. Agora sei o que é dormir, sem ter ilusões de beijos e declarações contigo. Aprendi a valorizar meu riso, meus amigos, eu. Aprendi que não preciso de um sentimento pra me sentir feliz, não preciso que outro alguém me ame pra eu que eu me considere uma pessoa bonita, aprendi que posso ser assim sozinha. Amor, pense bem antes de voltar. O coração aqui agora já tá esperto, não cai em qualquer menininho besta que acha que pode "pegar" qualquer uma, muito menos naquele fofo que fala com você por um mês e no outro já tá namorando outra. Os meses foram difíceis, ô se foram viu, mas valeu a pena. Cada lágrima, cada noite em claro, cada batida fraca do coração gritando por ele me valem muito hoje. Foi sofrido? Foi. Achei que não conseguiria? O tempo todo. Cansei de amar? Sim. Desacreditei no amor? Um tanto. Sou feliz agora? Pra caramba. 
Fiz uma meta de ser feliz, e pretendo cumpri-lá até a minha última batida. Entendeu o esquema? Vá viver feliz guria, pára de chorar, pára com essa música nostálgica, pára com essas manias de passar na frente da casa dele mesmo sabendo que ele não quer te ver. Pára! Comece isso rindo, escute aquela piada mais boba da tua amiga retardada e chore de rir. Deixe a felicidade ir penetrando de levinho teu coração, deixa, vai. E o amor, ah, esse aí pode deixar que ele vai indo. Com os poucos, ele vai se embora do teu corpo, entendeu o recado que o coração já cansou de sofrer. 
O tempo que passei chorando, hoje triplico sorrindo. Não, ainda não desisti do amor. Mas se tudo continuar nesse ritmo não demorará muito pra que ocorra. Onde está o amor dos meninos afinal? Não enxergo. Ao meu redor só vejo gurizinhos querendo catar quantas forem possíveis, somos números. Sou a número 1 da noite, tu é a 2, e a fulana de lá fora a 15. Assim eu não quero nem perto de mim, que seja amizade e daquelas bem distantes. Repugno essa atitude, repugno esse povo que acha que sabe o que é amor e sai namorando com um a cada semana desperdiçando "eu te amo". Cadê a merda do amor nisso tudo? Acho que não foi só de mim que o amor fugiu, ele sumiu do mundo todo. Quando voltar, com força e verdadeiro, aí me procura. Enquanto isso vou distribuindo sorrisos e alegrias, curtindo o tempo que ainda tenho sem ti. 

Oi gente, desculpa a demora pra postar, em época de feriado tenho preguiça até de andar, imagine de postar, haha. Enfim, espero que gostem desse texto! Beijos e feliz páscoa pra todo mundo. 

21 comentários:

Bruna Corrêa *.* disse...

É o tempo ameniza, diminui a dor, mais curar mesmo precisa muito mais que isso :/

giselaine alves ♫ disse...

Que texto liiiiiiindo! Amo muito o jeito que tu escreves, guria.

Postei um trechinho sem a sua autorização no meu Tumblr. Posso deixar?

http://efeitos.tumblr.com/post/4905556111/com-a-falta-a-gente-vai-aprendendo-a-viver

beijinho, Laaara {:

Camila disse...

Oie.. gostei muito do seu blog e da sinceridade que passa em suas palvras!
Seguindo :)

http://camillacris.blogspot.com/

Thais Miranda disse...

Que lindo *-* dar um tempo no amor é sempre bom, é melhor aprender a se amar primeiro par que o verdadeiro amor venha

Florisbella disse...

Penso que ainda estou naquela fase que vc se aliviou ao sair e sinceramente, não sei se um dia escreverei algo assim. Mas fico aliviada ao saber que muitas pessoas conseguem.

Beijos da Flor

Iasmin Morais disse...

Nada melhor que o tempo pra nos ensinar essas coisas que só nossos corações entendem.. está certa, mais que certa. A realidade tem que ser sempre clara, não podemos deixar que os fatos se confundam!

Andressa disse...

não preciso que outro alguém me ame pra eu que eu me considere uma pessoa bonita.

http://chegadessaudade.blogspot.com/2010/08/chega-de-saudade.html

Paula Santana disse...

infelizmente, o amor foi banalizado demais nos últimos tempos. mas não precisamos mesmo de outra pessoa para nos sentirmos completas, né? só não desiste do amor, fica feliz, sorri numa boa e segue em frente porque aí o amor (de verdade) aparece.

ai! como eu gosto do seu blog e do seu tumblr... me sinto próxima de você mesmo nunca tendo trocado taaaantas palavras assim! beijos <3

Marcelo Soares disse...

Recomeçar é sempre bom, a gente sempre encontra forças em lugares/coisas novas, a felicidade é o objetivo e a gente começa a traçar metas pra alcança-la, longe dos velhos amores, claro. E quando aos meninos que tratam meninas como numeros: um dia eles crescem, pegaram varias, deixaram-se pegar, mas tudo passou e eles continuam vazios, acabaram se auto-banalizando.

Beijão.

Dryka Sales disse...

Ah sua linda, amei o texto.
Tá demais, beijos ♥

Gilstéfany L. disse...

Ler suas postagens é como estar lendo os grandes textos do Caio Fernando Abreu. sei lá mas você se parece tanto com ele as vezes, as cartas dele parecem se indentificarem com as suas. Estava no colégio e só me veio à mente você, o seu jeito de escrever e de se expressar. Então é claro que eu posso dizer: Lara - sem querer agradar, sem falsidade - você escreve muito.
Ah, indiquei o Memórias Escritas no meu blog (: Mas uma vez, meus parabéns.
(Não desista do amor, ele sempre vem mas só que é na sua hora).

Minne disse...

Ô coisa linda :3 Tem que se amar primeiro mesmo. Também repugno essa mania de "ficar", de sair distribuindo beijos sem valia, sem pôr o coração ali sabe ? Para quê ? Por mero status da sociedade ? Só para dizer que não está só ? Não, não consigo me prender a alguém por quem não sinto admiração, nem amor, e ainda sou julgada por isso, que se dane. De falsidade o mundo já está cheio e como se já não bastasse, o amor virou coisa banal, foi ofuscado aos olhos da sociedade.

Ana Flavya disse...

O tempo sabe acostumar, ele ameniza.'

Concerteza, ameniza, mais não passa totalmente :/ ou será que passa?

mais amor, por favor. disse...

Ai minha linda, a cada dia que passa esse teu dom com as palavras vai ficando mais lindo, deve ser porque tu escreves com a alma, né? Eu sinto isso. Me identifiquei com cada palavra, e tenho a mesma dúvida que tu tens, será que amor é pra sempre mesmo? Porque eu sei que amei, mas estou aqui, meio abandonada pelo sentimento...
Beijo no coração!

. Nadine disse...

"O amor realmente dura pra sempre?" Ah, eu acho que sim, e se acabou, é porque não era amor ;~

Beijo!

Elih † disse...

Girl, você sabe que tá com toda a razão néah?
Acho que a "parada" do amor não é nada eterno, geralmente os sentimentos são como plantas que precisam de água, luz e calor. Ou os amores também ficam bolorentos, sombrios e morrem. Assim fortificando o solo do coração para que outra planta-ou amor possa nascer!

Adorei o texto

kisses

Taís Ribeiro disse...

"Com a falta a gente vai aprendendo a viver, construindo uns pedaçinhos aqui e ali pra ver se tudo se encaixa. Coloca um sorriso no ontem, no hoje, e acaba sorrindo amanhã também."
Isso se encaixou muito bem no que eu tô passando. não em questão de AMOR, mas de SAUDADE, só as risadas amenizam a dor que a saudade, porque me fazer esquecer :D
parabéns pelo texto mais uma vez, Lara ;*

Vera disse...

Omg lara, sinceramente eu achei que esse texto é o melhor ou um dos melhores que você já escreveu/postou.
A verdade, a sinceridade, tudo!
Tá perfeito.. e é assim mesmo que o amor é.
São esses os pensamentos que tenho, essas dúvidas, essas repugnâncias por a maneira como os garotos são hoje.
Mas acredite, nem todos garotos são assim, existe sempre aquele que não é um retardado desses.

E amor que é amor, pode até amenizar, mas nunca cura, fica sempre aquelas lembranças, aquela nostalgia, aquela saudade..

Luiza disse...

Muito maduro seu texto, me impressiono muito em você ser tão nova e já ter uma mente bem definida, escrever tão bem, bonito. Concordo contigo, que é bom a gente aprender com isso e aprender a ser feliz sozinha, embora eu queira um amor novo, um calor no peito. Segue assim guria, um beijo da Luh

@yasmin_vizeu disse...

"O tempo que passei chorando, hoje triplico sorrindo." Nem falo nada a respeito da perfeição de cada letra deste texto. Maravilhoso, e me fez lembrar de uma época -senão a mais feliz da minha vida- em que eu realmente não precisava de ninguém pra ser feliz. Minha felicidade vinha por mérito próprio. E era bom, bom demais.

Amanda Lemos disse...

Muito interessante o blog !
Deixo o meu aqui caso queira dar uma olhada, seguir...;

www.bolgdoano.blogspot.com

Muito Obrigada, desde já !