março 10, 2011

Pro mais que amigo

Querido Amigo, 
Sei que já passamos dessa fase de amigo, mas ainda gosto de te mencionar assim, era uma ótima fase aquela. Não sei como está passando aí nesse estado novo, na cidade grande, como dizem alguns, mas espero que estejas bem. Saiba que eu nunca me esquecerei do colegial, da época de rabiscar um o caderno do outro, de fazer guerrinhas de papel, das risadas descontroladas, dos socos que te dava a todo instante nos ombros (que nem chegavam a te fazer cócegas)... É tanta coisa né Amigo? Nossa, até me assusto sabe, de saber que tudo acabou. Parece que foi ontem que você quis me acompanhar até em casa, e de lá nunca mais me largou. Até hoje. 
Desculpa. Desculpa por todos os socos, pelas palavras grossas, pelos meus dias de mau humor, pelas minhas fugas de você, e principalmente, desculpa pela nossa amizade. Depois do dia daquele "não" nada foi igual, e tudo só piorou com a tua partida. Nem tive tempo de mais um abraço de urso. O nosso abraço de urso. 
Você lembra Amigo, de quando me tomava as mãos e com elas ficava pelo resto dia; brincar com meus dedos; me pegar de surpresa e me apertar num abraço sufocante; das nossas trocas de olhares durante as aulas; daquele beijo escondido; me confortar nos dias de frios... É, Amigo, eu tô sentindo tua falta pra caramba.
Eu lembro do teu cheiro, do teu cabelo bagunçado, da tua pinta do lado esquerdo do pescoço, dos teus olhos castanhos mel, da tua boca fina, da tua pele, do teu toque, ah, como eu lembro. Parece que agora consigo sentir teus dedos passando pelos meus cabelos, como naqueles últimos dias. Essa carta Amigo, deve demorar pra chegar aí, tô com medo sabe. Medo da nossa situação ficar pior do que já tá (se é que tem como), de nos distanciarmos ainda mais (tem como?), ou... que você queira me esquecer. Você não esqueceu, né? Não Amigo, não faça isso. Lembra de mim, do meu cheiro também, e do meu cabelo, lembra de mim Amigo. Porque eu nunca vou me esquecer de você.
                                                             Te amo Amigo, fica com Deus e vê se volta tá? Beijos.

ps: guardei nossos desenhos, aqueles que fizemos durante aquela aula de matemática, tô te esperando pra continuarmos a história. 

Essa carta eu escrevi a muito tempo atrás (no fim do ano passado) e fiquei com uma saudadezinha de umas coisas aí, e resolvi postar. Espero que gostem. Beijos!

19 mini memórias:

oi anjo. haha' *-*
Muito bom o seu texto, e sou obrigada a dizer, como todos os que você escreve. ;)
Ler esse esse texto dar uma certa nostalgia, me faz lembrar de alguns amigos que com o tempo vão ficando pelo caminho...

Mas enfim, como é pra escrever um comentário e não um texto: "Lindo, pra mim os melhores textos são os que nos remetem a sentimentos, lembranças..." e esse seu texto faz isso muito bem. <33
By:Jucyanna (ju, a exagerada. haha' :p)
Caramba, isso foi exatamente perfeito!

Muito, muito bom!

Beijocas *:
Amei seu blog!
estou seguindo!
http://jessicahiorrana.blogspot.com/

grande beijo!
Lara, que coisa mais linda, e trist ao mesmo tempo. É muito ruim quando você tem um ombro amigo sempre lá pra quando você precisar e de repente, as coisas mudam e tudo se inverte. Sei bem como é essa situação e o quanto dói passar por ela, o quanto dói olhar para o passado e ver o presente tão mudado, radicalmente. E você enviou a carta ?
É bom ter um amigo assim haha, mas triste mesmo, é quando ele tem que sair das nossas vidas. Ah, essa distância dilacera e o medo que ele nos esqueça, é pior ainda. Lindo texto Lara, beijos. :*
Você escreveu exatamente o que eu sinto a respeito de um amigo que não mora mais aqui, impressionante! Muito bonita essa carta :)

preciso dizer que eu fiquei radiante quando vi seu elogio ao meu blog, muito obrigada, é uma honra!

beijos e nunca vou deixar de repetir: parabéns! haha ;*
Lembranças sempre vem a tona quando menos esperamos, a famosa nostalgia. E as vezes dá um aperto no coração de lembrar de como era e de como mudou, mas faz parte da vida né! rs

Linda carta, cheia de sentimentos verdadeiros.

Beijos
Que linda carta e que lindos sentimentos.
Gostei muito do teu blog (:
Que lindo *.*
não tem como esquecer momentos especiais e pessoas que marcaram de alguma forma nossa vida. quando ele voltar, ah! quando ele voltar nos conte o final feliz que terá a história de vocês dois. Beijos
que linda a amizade de vcs.


beeijos!
Ao mesmo tempo que é lindo é triste, da uma saudade desses amigos que encontraram caminhos diferente que os nossos :s.
Beijos !
Esse texto me fez lembrar e algumas amizades que ja foram importantes na minha vida...
Amei ter lido, me trouxe boas lembranças!

Beijos ;*
Há sempre algo que fica no passado, em cartas no meio dos papéis da gaveta. E amizades que a gente reflora, que reaparecem no peito, num buraquinho de lampejo. Ótimo, guria!
Espero que ele não tenha esquecido.
Um beijo!
Bia Oliveira :) março 12, 2011
Laaara que lindo! Por que não postou antes? Sério, muito lindo, parabéns. Vai ser (está sendo) difícil esquecer, e talvez você leve essa mágoa pra vida inteira, mas você vai conseguir superar e desviar dessa saudadezinha constante aí dentro. "Perder" uma amizade é pior do que perder um amor, e eu espero de coração que você contorne isso <3
Confesso também que me trás nostalgia de amigos meus que mudaram de cidade. O engraçado é que por mais que o tempo passe sempre fica uma esperança de rever-los e um vazio que só pode ser preenchido por ele.
Adorei o texto,bem uma carta mesmo. Vc nunca a enviou?
Beijo
Nem me fale, isso me bateu uma saudade imensa. Tem um amigo meu que tá mudando de cidade pra começar a facul, e eu tou aqui, pelos cantos tendo sessões nostálgicas...
Muito linda a carta, Lara.
Como sempre.
E tenho a ousadia de perguntar: É um fato real? :x
Sempre cheia de sentimentos suas palavras...
Como sempre arrazou
Que linda, flor!!!
Essas sauddes,né?
Voltaaa Amigo...
beijos
Olá.
Primeira vez que venho aqui, e pretendo ovltar sempre.. pois adorei seu blog e sua escrita.
Beijão!

Postar um comentário