novembro 10, 2010

100 coração.

    Eu realmente preciso estudar mais, ler mais, pesquisar mais, porque sinceramente não consigo entender o fato de algumas pessoas não o terem. Eu sei que ele é pequeno, indiferente, e silencioso, mas é meio impossível de acreditar que só há um havio aí dentro. Me explique, eu preciso entender essa matéria urgentemente. Sabe, minhas notas estão vermelhas e por mais que eu tente, só me dói mais e mais ele aparece. Como faço pra não ter também? Você parece expert no assunto, por isso, decidi escolhê-lo para me ensinar. Contarei minhas principais dúvidas, que você não entenderá muito bem porque não tem ele, mas preciso desabafar. Sabe, quando aquele menino passa, ele acelera que nem louco; quando o menino fica dias sem aparecer, ele ao mesmo tempo aperta e explode, dói; quando o menino fala com outra ele quebra. Eu não sei se compreendeu, mas eu preciso acabar com isso logo. Tá me machucando muito nos últimos dias, e eu acho que conseguirei viver muito bem sem ele. Quero esse sorriso sarcástico igual ao teu, quero essa frieza tua, quero essa alegria falsa (e essa nota azul no boletim). Só que ao mesmo tempo que quero, não quero. Imagine não pulsar mais? Não escutar no silêncio as pequenas batidas? Não vibrar com um beijo apaixonado? 
    Pensando bem, esquece. Prefiro reprovar, a ser como você. Por mais que doa, por mais que quebre, eu conserto ele sempre. Meu coração ficará aqui, se ele superou a você, superará qualquer outro. Agora vá, tire 100 e fique 100 amor, 100 coração, 100 mim. Você foi aprovado na faculdade dos mal amados, e reprovado pelo meu - que com orgulho digo que tenho - coração. 

Não era bem esse texto que queria postar, mas tá dando uns erros com o outro... Bom, espero que gostem! Beijos. @MEscritas #MemoriasEscritas

10 comentários:

Thais Miranda disse...

que liindo *-*
''Agora vá, tire 100 e fique 100 amor, 100 coração, 100 mim. Você foi aprovado na faculdade dos mal amados, e reprovado pelo meu - que com orgulho digo que tenho - coração. '' pois é

Líbia Franco disse...

ameeei!

Cami Ferrero disse...

Texto lindo. Por mais que doa, por mais que quebre, eu conserto ele sempre. ^^

Taís Ribeiro disse...

ficou lindo o texto, como todos os outros.
você é bem criativa, sério. eu gosto de ler seus textos porqe eles tem uma característica só sua, rs.
bjs ;*

Andy disse...

Indiquei vc para participar do jogo dos sete http://calabocaandy.blogspot.com/2010/11/jogo-dos-7.html

Lizzy S. disse...

Ah! Quero ser reprovada para sempre nessa matéria então! E dai se doer, "toda dor tem uma pontinha de prazer" diria Cazuza.
beijos.

Izzie disse...

Muito parecido comigo. Aliás, uma coisa que eu posso dizer que me descreve bem são seus textos.Lindo.

♪ Nαdine. disse...

"Quero esse sorriso sarcástico igual ao teu, quero essa frieza tua, quero essa alegria falsa..." Gostei dessa parte, me lembra alguém </3

Adorei o texto, escrevendo muito bem, como sempre ;D

Beijos =*

Shoonder disse...

NOSSA! exatamente como eu ando me sentindo... haha,
você escreve muito bem, ficou lindo o texto,
beijos

Líbia Franco disse...

Agora vá, tire 100 e fique 100 amor, 100 coração, 100 mim. Você foi aprovado na faculdade dos mal amados, e reprovado pelo meu - que com orgulho digo que tenho - coração. ' Cada post melhor que outro. Me identifiquei muito com esses texto. Parabens Lara