abril 29, 2010

E o que me resta,

é esperar. Coisa que eu ainda tenho que aprender a fazer.. Esperar para conseguir de novo sentir sua presença a alguns metros de mim, ver seu lindo sorriso, sentir seu toque de leve no meu ombro para algum assunto qualquer, apenas conversar, apenas te ver. Eu não quero isso, eu preciso disso. 


E o que me resta, é o frio. A solidão. Sua ausência e a minha saudade. 
Não sei se isso é normal, mas hoje eu te vi. Não uma, mas várias vezes durante o dia. Eu te senti, eu te escutei, mesmo sabendo que você não está aqui. Como isso é possível? Eu posso jurar que te escutei chamando meu nome em meio a algumas palavras tolas de um professor qualquer, e uma parte minha vibrou ao te escutar e toda esperançosa procuro por ti, vindo então a segunda parte me fazendo lembrar que você não está aqui hoje.. Meus delírios, apenas alguns delírios de pessoas que assim como eu, parecem que amam mais que o normal. E o que me resta, é suportar esses dias. Que demonstram ser poucos para o calendário, mas parecem anos para mim. 

Come back soon

4 comentários:

T. Miranda disse...

*-* já aconteceu isso 2 vezes comigo o.o

Lara Oliveira. disse...

haha ><

vivi disse...

comigo tbm!

Ingrid disse...

Peguei