janeiro 12, 2011

Dor antiga e amor novo

      Tava deitada nessa mesma cama, com uma maquiagem que antes era fabulosa, que agora parecia mais um borro preto e um gloss borrado. Era um sábado, eu me lembro, estava linda. Roupa impecável, maquiagem, perfume, sapatos, o clima favorável, humor também, era pra ser um daqueles grandes dias, entende? Bom, de alguma forma foi. 
      Chorei oceanos, e queria eu que isso fosse uma expressão exagerada, mas chorei mesmo. Que se foda a maquiagem, que se foda essa roupa idiota, que se foda esse sapato de marca, meu coração dói pra caramba. Um imprevisto e pronto, foi o nosso fim. Eu te devia desculpas, mas não conseguiria falar com você, muito menos te digitar um sms ou uma mensagem offline no msn. Então foi assim que fiquei em todo aquele fim de noite, me debulhando em rios de lágrimas. 
      Pensei em ti, em todas as merdas que deviam estar passando pela sua cabeça, o quanto de palavrões você gostaria de me dizer, pensei, e chorei. Foi a primeira vez que cortou fundo esse tal do amor. No outro dia estava intragável. Um "bom dia" me irritava: "sai pra lá com essa falsidade!". Continuei os dias apenas respirando, sem ânimo de nada, esperando ansiosamente por você, sem ter coragem de ir lá te dizer os motivos da falha.
      Você não veio, não te culpei. Se calou, tudo bem. Sumiu, vá a merda! Sei que a culpa fora minha, mas com uma olhadinha aqui e ali eu descubri, estava muito bem sem mim. Não chorei mais, nem a tristeza me invadiu, só o remorso. Por que chorei? Ah é, eu fui uma idiota. E por que você não sai da minha cabeça? Ah é, acho que estive apaixonada. Estive... Estou... É, decididamente, prefiro não pensar no assunto.

Desculpe a ausência, estou aqui na praia e não tenho tido muito tempo pra atualizar o blog.  Vou aproveitar enquanto não faz muito sol pra ficar aqui e me atualizar no blog de vocês. Esse texto é antigo, espero que gostem! Beijos.
#MemoriasEscritas

17 comentários:

giselaine alves ♫ disse...

seus textos são perfeitos :)

††Fαℓℓєη Aηgєℓ†† disse...

Não posso deixar de dizer o quanto você escreve bem, parabéns!

Poxa, eu sei como é a dor de ver que ela/ele vai muito bem sem...
Aí depois, parece que eu não ligo mas por dentro... fico destruída.

Beijos,

Fallen Angel

drl-life-essence.blogspot.com

. Nadine disse...

Aí, a gente chora oceanos, depois "passa", e a gente se acha mesmo uma idiota. É, prefiro não pensar no assunto também.

Lindo texto, beijo =*

Jeniffer Yara disse...

Eu já passei por isso,sei bem como é.
Ahh aproveite a praia bem o/

Beijos

Gabriela Furtado disse...

Ficou muito bom...
beijos

bella disse...

É ótimo postar textos antigos. A gente pára, nos avalia pelo que escrevemos antes e pensamos se escreveríamos isso agora. Pelo menos eu faço isso...rsrs Adorei esse aqui.

Au disse...

Lara, você se supera!
Ótimo texto, e fui imaginando a cada linha a cena, ela deitada, a maquiagem borrada, as lagrimas... Ficou ótimo!
E recentemente eu descobri que é possível esquecer, é possível seguir em frente, antes não acreditava, achava que o problema estava nas outras pessoas, por esquecer... Mas, na verdade, o problema era só meu.

Como sempre, parabéns! Você escreve muito bem!


Beijo!

Lariissa disse...

Nossa eu amei seu blog
Vc escreve muito bem
E seus textos são tão lindos *-*
to seguindo ^-^'
beeijos :*

www.lariiqs.blogspot.com

@yasmin_vizeu disse...

seus textos são uma delícia de se ler. AMO teu blog.
Ah, e esse seu texto? Perfeito.
Já passei por exatamente isso. Acabei ficando em casa e me arrependo de ter manchado a minha roupa -que era tao linda- com maquiagem, porque até hoje a mancha de rímel borrado não saiu dela u_u
Mas sei como é o sentimento que você colocou nesse texto :)

:*

Káah disse...

Já sofri por amor, e sempre me arrependo de pois, de tudo que vivi, de tudo que senti e achei que estivessem sentindo por mim. Remorso de todas as palavras vazias. Quem disse que o amor é bom?


- Seguindo ^^

Iasmin Morais disse...

Muito lindo todos os seus textos :)
Parabéns!

Lαís Pαmelα :) disse...

Adorei muito esse texto
caiu como luva na minha situação, adorei mesmo :)
Beijos,
Lindo blog.

dear sarah disse...

Tá vivendo algo novo é?
Isso é tão bom de se ler.

apareça!

More Than Words disse...

Oi, tem um selo pra você lá no blog hihi Beijos. Ps: amei esse texto

Marcelo Soares disse...

Nunca tinha te visto assim, em um texto com palavras fortes, adorei. Concordo com o que o Au disse, e também imaginei as cenas descritas.

Beijo

Jéssica Caroline disse...

Textos maravilhosos, como sempre.
E esse mostra o que geralmente acontece em algumas vidas: nos sentimos tão culpadas por certas atitudes e percebemos pouco tempo depois o quanto foi em vão toda a dor.
É nesse momento que temos que seguir adiante.
Parabéns Lara, por mostrar todo esse sentimento em seus textos e ver o quanto não estamos sozinhas nessa imensidão que é o amor!

Ah, adorei as frases que ficam passando na sua página! Recurso bem legal!

De sua fã de hoje e sempre.

tamara furlan disse...

"Pensei em ti, em todas as merdas que deviam estar passando pela sua cabeça, o quanto de palavrões você gostaria de me dizer ..."

Amei esse texto, voce tem um jeito cativante de escrever, parabéns.