setembro 13, 2010

Ficando offline

Aquela brincadeirinha sem sentido algum, me toca. Aquele xingamento sem precisão, me atinge. E aqueles pensamentos idiotas, não desgrudam. Devo ter um parafuso a menos, ou um a mais, por que esses pensamentos simplismente não vão embora juntamente com as pessoas? Não. Eles sempre ficam. Daí se juntam com a fantasia formando uma linda histórinha toda feliz e perfeita. Só um detalhe querido pensamento: aquela pessoa nem lembra seu nome, sabia disso? 
Saber eu sei, tentar eu tentei, bloquear eu já bloquiei, mas volta. 
Não precisa ser aquele conto de fadas da mocinha e o mocinho, apenas uma lembrança boba e feliz me vem a mente. Mas ela nunca acontece. Ela nem sequer chega próximo de acontecer. Me odeio, pensar tanto assim me irrita tanto que não fazes idéia. Ninguém faz. Minha cabeça trabalha a mais de mil por hora, uma hora pensa nele e em outra já pensa naquele trabalho de seis páginas e meia que tenho que entregar em uma semana e nem sei o tema. Algum sentido? Nenhum. Alguma ordem? Nenhuma. Alguma precisão? Me atazanar, só pode.
Preciso me desligar de tudo. De provas, de amor, de amizades, da família, da comida, da academia, dos estudos, de mim e dormir. Relaxar a cabeça e simplismente não pensar em nada. Desativar do mundo, apertar o off, seria uma boa solução se eu não uma vida pra cuidar - a minha -.

10 comentários:

mariaccg disse...

Você nem arrasa né? amei! (=

Juliana P. disse...

seria ótimo se existisse um botão no cérebro que pudesse nos deixar desligados do mundo. infelizmente, não tem e temos que continuar vivendo tudo, dia após dia lágrima após lagrima (u-au! pra esse comentário, haha).

Rayssadepaula disse...

adoreeeeeei .
me identifiquei muito com o texto .
muito lindo :D

Thais Miranda disse...

sempre muito perfeitos seus textos ><

mais amor, por favor. disse...

Isso seria fugir?
Não mesmo, continuar, isso sim.
Não podes te julgar por um pensamento, pensamentos todos tem, é só questão de tempo para que passe ou se concretize, coisa de destino..
Beijo!

Nati disse...

Não temos um botão, mas temos um fone de ouvido e o volume máximo. Pense nisso :)
Lindo texto :*

@Gaabis_am disse...

Você nem arrasa né?² :D

Também do sou assim, não sei se é a idade, acho que vai ser assim pra sempre, mas gosto de pensar bastante, imaginar histórias sabe?
As vezes viajo muito até só pensando *-*

hauahauhauahuahuahaauaauhauhaua
Mais um ótimo texto pra coleção *-*

Taís Ribeiro disse...

Seus posts são tão lindos. Mas falam de coisas que eu não reconheço há algum tempo: amor.
Mesmo assim, me faz lembrar de mim há uns anos, rs.
Beijos <3

vichyc_ disse...

Me faz lembrar de tudo que eu já passei, e vou querer passar de novo um dia.
É... haha Lindo.

Ingrid disse...

Lara to sem criatividade vo copie seu textinho!! E vou mudar a foto tah!!