abril 18, 2010

Can you feel the love?


E eu jogo meu amor ao vento, pra ver se pelo menos alguma mínima partícula dele te atinja, e te deixe um pouco mais confiante. Porque você precisa saber que nada mais me importa, a não ser você. Mesmo deixando essas pistas pelo céu, parece que elas cismam em cair em terras alheias, e não nas suas. E essas terras vizinhas insistem em fazer com que eu queria elas, assim como eu quero você. Mas você sabe, ou pelo menos espero que saiba, que isso é impossível. 
Pode parecer o mesmo toque, o mesmo sorriso, mas sendo o seu tudo muda. Todo meu corpo sabe a diferença, todo meu corpo sente essa diferença e reage. Mãos trêmulas, sorrisos abobalhados, e coração vibrando. Pequenos sintomas, mas que me ajudam a descobrir que é você, somente você. 
Não quero deixar que o tempo te mostre a verdade, queria que você enxergasse isso sozinho, mas parece que algo te cega sempre. Tomar a iniciativa é um conselho que todos dizem, mas é só dizer essa palavra que toda a minha coragem se esconde lá no fundo, e me convence que não é uma boa idéia...
 E continuaremos assim, até que alguma coragem resolva aparecer. 

' E eu sempre vivi assim, mantendo uma confortável distância. E até agora eu jurei pra mim mesma que eu era feliz com a solidão, porque nada disso nunca valeu o risco... Mas você é a única exceção' 

@ Listen: Paramore - The only exception

4 comentários:

CF. disse...

que lindo *-*
amo essa musica -Q

T. Miranda disse...

ameei seu post :D

hey, lara. disse...

CF. eu também amo essa música, é a melhor do paramore na minha opinião , e obg vcs duas *-*

Kaah. disse...

PARAMORE *---* #medefine