julho 21, 2012

Dois caminhos


Me leva. Tô aqui pronta, as malas já estão feitas, não me importo se for uma semana ou três meses, só me leva com você. Diz pra mim que eu posso fugir dessa minha vida e só voltar quando eu já tiver uma solução para todos esses problemas, não me faça decidir entre nada, não aguento. Não quero ter que responder nada, não quero falar nada, só me deixa te abraçar enquanto a gente segue sem rumo nessa estrada vazia. Não, eu não sei se a gente vira para a direita ou pra esquerda logo ali, segue em frente. Eu sei, não tem estrada, não é certo, mas eu também não ando sendo. Não escolhi entre nada, continuei seguindo em frente como os livros de auto ajuda mandam, só que não ajudou, estou entre dois caminhos que cada vez mais se aproximam da minha linha reta e gritam para uma escolha final. Eu não quero escolher nada. 
Talvez eu chore um pouco, não assusta não, é que eu não sei lidar com tudo isso. É isso, admito. Sou uma menininha fraca que quer um colo de mãe e uma conselho de vó. Essas decisões são tão adultas, e eu ainda nem saí da casa da minha mãe. Nem tenho dinheiro pra comprar um ingresso do cinema sozinha. Sei lá, posso adiar? Mas aí os caminhos gritam pra mim, a vida me atormenta e me tonteia querendo que eu cresça e tome as decisões já. Mas eu tô com medo. Talvez outro alguém chore, e eu também continue chorando mais ainda. E eu não aguento mais chorar. Eu não aguento mais sofrer com palavras que deveriam me fazer sorrir, não aguento mais dar corda nesse meu amor de mentirinha. Já não consigo mais fingir, cada palavra fantasiada de amor tem me doído tão fundo. 
Então eu decidi fugir. Como uma criança amedrontada que foge quando sabe que vai receber uma bronca da mãe por ter quebrado seu vaso favorito, essa sou eu fugindo de algo que eu sei que cedo ou tarde terá que ser resolvido. Um dia alguém levanta o tapete e vê os cacos quebrados. E eu estou cheia de cacos escondidos. Não tem como montar, a gente tenta e tenta, mas sempre acaba se cortando ou quebrando em pedaços menores. No meu caso, me corto sempre que tento me montar. Os cacos são grandes demais e sempre acabam alcançando algum dos caminhos que me rodeiam, cortando-os e fazendo doer em mim. Aí vem a culpa. Quem mandou tentar segurar dois vasos de uma vez? Você não é tão forte, um sempre acaba quebrando. Eu só não queria que eu quebrasse junto.
Eu deveria ir contar pra minha mãe do vaso escondido, mas ela vai ficar triste. E eu não quero que ninguém fique triste. Os caminhos, eu já sei qual seguir, essa é a verdade, mas por enquanto eu sigo em frente só pra ter tempo de seguir para a esquerda de uma vez por todas. Eu não quero ver o da direita triste. Porque se ele ficar triste, eu fico triste. O vaso, a culpa, o erro, os amores errados misturados em amores certos, os medos, as dúvidas... É tanta entrelinha que eu já nem sei se o da esquerda é quem eu quero que seja, e é tanta dúvida que eu nem sei se é mesmo o da esquerda. Enfim, sigo em frente. A estrada logo mais pede uma escolha, mas talvez eu dê ré e adie mais um pouco essas minhas adultices, por enquanto eu quero ser essa adolescente que finge saber de tudo, mas na verdade não sabe nada e morre de medo da vida. 

É só mais um texto. Só mais um.

5 comentários:

Lipe disse...

Não é só mais um texto, é mais um bonito texto dos muitos que tu faz. ^^

AquilesMarchel disse...

que dolorido

Jhonas Balsas disse...

adorei seu blog.. é lindo ;) Primeira vez de muitas que estarei visitando ;)

www.ejhonas.com {Seguindo seu blog para a próxima meta. Se puder seguir o meu o link tá do lado *-*}

Luiza disse...

Crescer é uma chatice bacana, é muito ambíguo essa história de ter liberdade mas também ter que lidar com tudo "sozinha". A gente ainda é pequena pra um mundo tão grande, é difícil sair do casulo e ser independente, mas a gente consegue, e é bom em alguns sentidos. Continue seguindo em frente, faça algumas curvas, pare um pouco no caminho, apenas não fuja tanto, tente lidar melhor com o que vive e tem no momento. Até que dá certo e uma hora as fases ruins e chatas passam, pode apostar.
Beijão

Amantes do Direito disse...

Passando pra te desejar uma ótima semana. O layout do seu blog é lindo e já estou a te seguir pois adorei seu cantinho!! Retribui??

bjoss

http://amantesdodireito.blogspot.com.br