novembro 25, 2011

A saudade de sempre


Ontem poderia ter sido um dia feliz, tudo estava tão bem. O clima mantinha uma ventania fresca, a compania estava agradável, mas a noite chega e não perdoa. Ela me trás você. Tentei fugir, pensei em vários outros, pensei no amanhã, no futuro, em qualquer bobeira que fosse, não deu, a lembrança venceu. Você me venceu de novo. É sempre as mesmas coisas, as mesmas lembranças, a mesma dor, a mesma saudade incurável de você...
Me peguei hoje redecorando o número do teu celular, é masoquismo meu, eu sei que você não vai ligar nem eu ligarei, mas a esperança nunca cessa tão rápido assim, o coração não deixa. Nem uma ligação durante esses meses, muito menos uma mensagem, alguma frase boba que fosse, nada. Esses nossos silêncios me machucam, tu sabes. Por que carambas não volta? Por que ainda consegue manter-se firme mesmo que eu esteja aqui desmoronando com a tua ausência? Eu preciso de ti pra me manter em pé, odeio admitir minha fraqueza, mas é a verdade desse coração fraco. 
Revi tuas fotos, parece que a minha distância te melhorara um bocado. Gostei do novo corte, do novo estilo, mas odiei o novo você. Quero aquele menino que dizia me amar de volta, ele ainda tá aí dentro, não tá? Só me diz que você não vai me esquecer, que ainda ficaremos velhinhos amigos ou até mais que isso, hoje eu suporto qualquer condição pra ouvir a tua voz de novo. Deixo uma frase nossa, que eu sempre peço pra que nunca esqueça: sou pra sempre tua. 

E você, de quem anda sentindo uma saudade apertada? 

3 comentários:

Evellen disse...

Amei, amei e amei o texto. Saudades oô saudades, aperta bem forte, a sinto muita falta de um garoto que eu gosto e ele foi embora pra bem longe de mim. Mas deixa um dia ela passa.

Xooxo ;*
http://garotanadanormal.blogspot.com/

Ariana disse...

Tão lindo o texto!
Perder a noção do tempo sobre uma determinada pessoa é o que acontece quando somos pegos de surpresa por essa vontade de alterar qualquer detalhe que seja... Faz parte da vida e sei que você consegue sim lidar com isso e muito mais.
Me lembrou de uma música do titãs que diz o seguinte: " é cedo ou tarde demais, pra dizer adeus, pra dizer jamais"


Beijos

Luara Q. disse...

Que encanto de blog!