setembro 03, 2011

Entre vazios



Minha cabeça anda lotada de vazios, meu coração anda lotado de solidão, minha vida anda lotada de saudades e faltas. Sou um poço sem fim de mágoas antigas e amores mal resolvidos boiando nessa falta de amor. Nem as palavras andam querendo sair, elas também fugiram de mim. Hoje é um daqueles dias que escuto aquela música e choro, olho pra um papel em branco e desce uma lágrima, aí lembro do passado e me desabo. 
Ando irritada, respondendo grosserias, desacreditando em elogios, maltratando amigos, desanimada. Meus sorrisos não querem aparecer, esconderam-se no bolso e de lá não saem. Ando procurando esperanças em buracos piores que só me fazem acreditar em abismos sem conteúdo algum. Então eu continuo quebrando a cara, desacreditando cada dia mais no amor, e em mim. 
Todo dia o mesmo "tudo bem?" me faz gritar todo esse vazio, mas não sai. Abro minha boca e o máximo que consigo é dizer um "tudo indo". Não quero falar, leiam nos meus olhos, será que sou tão boa atriz assim que nem meus olhos conseguem me desmascarar? Ou ninguém realmente anda prestando atenção em mim, pra ver que a cada palavra eu quero chorar, ou simplesmente mandar um palavrão bem dado e sair sozinha. 
Bipolariedade ou não, eu não sei, só ando assim fingindo ter a alegria do mundo, mas na verdade escondendo a tristeza enorme do coração. Invento ânimo, crio passeios, forço risadas, e todos caem. Nesse meu jogo de atriz, ando ganhando nota dez. Preciso de amor, entendem-me? Não é aquele de mãe, nem de vó, nem de cachorro, quero um alguém. Ando sentindo falta, chorando a toa, magoada com o mundo, mas é tudo falta. Carência. Isso mesmo, parece bobeira, mas me sinto mal pra caralho desde que minha vida anda sem sentido. Como diz Tati: "E pra não chorar, eu trato mal".  

Oi gente, trago algumas notícias não muito boas pra vocês. :T
Então, como eu disse ano passado, eu estou fazendo o PAS (um processo seletivo que você faz um vestibular a cada fim de ano do ensino médio e acumula pontos pra conseguir entrar na UEM) e já tá chegando o dia da prova e eu preciso estudar muito. Ano passado, não sei se contei, consegui acumular 201 pontos e como quero medicina preciso manter essa média. Enfim, deixa eu dar logo o recado que tinha que dar: não garanto que terão posts todas as semanas e nem se terei tempo para responder os comentários. Eu sei que isso me fará perder inúmeros leitores, mas queria que realmente me entendessem. Eu voltarei logo após novembro (que é no mês da prova) e juro que tiro o atraso! Desculpa qualquer coisa, até qualquer dia!
ps: prometo que tentarei voltar com textos mais felizes, ou melhor, tentarei ser mais feliz.

20 mini memórias:

Essa falta é um saco. Há pouco tempo, estava assim também. Um sorriso era dificilmente arrancado, quando não era por pura educação. Mas passou, e passa, como tudo na vida.
Quanto ao seu recado: o mais importante é que você se dedique ao máximo aos estudos para realizar seus sonhos. Quem te acompanha vai entender perfeitamente e aguardará com ansiedade a sua volta. Não se preocupe e faça o que é certo.
Beijos, Larinha! <3
Estava assim há um tempo atrás sabe, acho que ainda estou, mas resolvi deixar que o tempo traga coisas boas e novas, é verdade que esperar além de cansar também dói, mas é preciso encontrar outros motivos pra se ter alegria, não é? Mesmo que não seja uma alegria completa e incondicional, até que, quem sabe amanhã ou daqui um mês, apareça alguém, um novo amor, que tire esse vazio da gente. um beijo
Então, se eu dissesse que agora você disse tudo o que eu sentia, acreditaria? \:
Vontade de fugir, de ir embora e deixar todas as tristezas, raivas, ânsias e amigos de lado... Lindo post Lara. (:
Adoro muito aqui e me preocupo com você, mesmo não te conhecendo, pois suas palavras refletem as mesmas coisas que acontecem comigo e é difícil, ainda mais quando nem pessoas próximas se importam de verdade ou simplesmente não enxergam que precisamos de ajuda.
Espero que se saia bem nessa prova e volte feliz!
Mas nunca esconda seus sentimentos, quanto mais você finge não sentir, mais dói.
Boa sorte!
li o texto sabe
mas esse aviso

tipo


tentarei ser mais feliz

deu uma coisinha sabe?

seria bom a gente bater papo um dia...
bjus moça boa sorte
"Ando sentindo falta, chorando a toa, magoada com o mundo, mas é tudo falta. Carência."

E como eu te entendo flor, esse vazio, essa falta eu também ando sentindo, ainda mais que sai de um relacionamento recentemente.
Mas tenho procurado não pensar tanto, sair mais com as amigas, procurar não descontar nelas, afinal elas não tem culpa.
É difícil eu sei, mas vale a pena tentar.


Beijos
Lara, que texto lindo e incrível e todas essas coisas doces mais. Quero primeiramente te desejar boa sorte nos estudos, se dedica sim que vale a pena! Quando toda essa fase de provas e coisa e tal passar, você volta a nos presentear com seus textos lindos. Um beijo :*
Seu texto me define,meu Deus,todas as palavras escritas aí parecem serem escritas para mim D:
Enfim,amei,por que amo me identificar com os textos que leio nos blogs.Mas toda essa carência passa,com certeza,tem que passar :}

E boa prova pra você,espero sua volta com boas novidades ><

Beijos
Acho que essa vida monótona entre vazios cabia a mim também. As vezes me falta confiança, além da sua carência ser também do amor, a minha é do mundo. Conquistar (medo). Te desejo toda sorte do mundo. Estude, consiga. Já vale sua força de vontade de querer vencer. E venha, traga palavras lindas, como sempre trouxe a nós. Um abraço, Ana.
boa sorte na prova *-* aguardarei mais textos maravilhosos !
Boa sorte, florzinha! Também tô passando por um vestibular e sei bem como é ruim ficar longe do planeta, do universo e dos seres humanos, haha. Brincadeira, mas todo sacrifício é válido se for em nome de um futuro próspero. Que tudo passe numa boa pra gente (que a gente também passe) e que sejamos muito felizes! Um beijo.
Espero que consiga alcançar os seus objetivos, aliás, espero que nós duas possamos alcançar né? Sou outra que anda ''enfiando'' a cara nos livros para conseguir um resultado super positivo rs Enfim, tudo de bom para você e espero que consiga se sair bem no processo seletivo. Beijos.
Às vezes estamos mesmo do avesso...

=\

Um beijo.
Ah, Lara, também me percebo assim vez ou outra, a gente não está feliz 24 horas por dia, não dá pra manter isso. Mas ultimamente eu venho sentindo falta, sentindo muita falta de tantas coisas, até das que não tive, eu espero que seja passageiro. E, pode ter certeza de que eu vou continuar por aqui, esperando pelos próximos textos, mesmo que tardem. Te desejo muita sorte nessas provas e entendo perfeitamente, tem que estudar mesmo, tem que correr atrás do que tu quer e ir com força, não basta desejar. Beijo, Lara. :3
"Minha cabeça anda lotada de vazios" - UAU, que imagem bonita! Lembra muito Caio Fernando esse texto!
Lara,

Comento aqui depois de tanto tempo, mas saiba que nunca deixei de ler seu blog, apesar de ter dado um tempo no meu. Gosto demais daqui, e ler seus textos sempre me fizeram tão bem. E confesso que o seu blog e o seu Tumblr (você), apesar de não nos falarmos diretamente, foram os maiores responsáveis por me dar coragem de reativar o meu próprio blog. Muito obrigada, Lara, eu amo esse lugar, eu amo os seus textos, eu amo tudo aqui.
Espero que consiga um ótimo resultado nessas provas. Beijos.
Me indentifiquei com teu texto, lindíssimo. Ah, não deixarei de ler teu blog, tuas palavras se encaixam e sabes que não é só em mim, mas em muita gente também.Parabéns Lara.
Lara, Lara... parece até estar me descrevendo. Chega uma hora que cansa, né? Acumula tanta coisa dentro da gente -e também percebemos que podemos suportar mais do que imaginávamos- que você sente a necessidade de descontar tudo isso. São dias de mau humor constante, falta de paciência e estresse em excesso. E o que poucos entendem, é que não somos obrigadas a estarmos bem 24h por dia, 7 dias por semana...
Adorei o texto ;)
Em cada linha me identifiquei. Você realmente tem um dom incrível de me comover com suas palavras.
Sucesso, bom estudos.
Eu tô sufocada de tanta falta.
Lara linda, esse texto teu me fez entrar no "poço sem fim" meu.
Que lindo. Um bj.

Postar um comentário