julho 25, 2010

Nem faz tanto tempo, ou faz, já nem sei ao certo. Minha vida anda meio monótona, ou não, nem sei ao certo. Minha cama está sem arrumar a dias, ou semanas, não sei ao certo. Minhas unhas estão sem cuidados a semanas, ou dias, não sei ao certo. Duas coisas sei, e tenho a total certeza. Primeira: sinto sua falta. Já não sei nem contar, as horas parecem dias, os dias me lembram semanas, e essas poucas semanas parecem vários e vários anos. Mas sei, não posso parar, a vida continua apesar de tudo. E isso um dia vai acabar, eu sei disso também. Só me diga, porque o tempo demora tanto tempo a passar? Por mais que eu tente, minha vontade é novamente me isolar do mundo e de todos, escutar aquelas velhas e melosas músicas que me lembram você, juntamente com aquelas memórias não tão velhas mas dolorosas sobre nós. A segunda, e pior coisa, você não voltará. Posso gritar a todo o mundo, escrever placas e mais placas.. inútil. Preciso, acima de tudo, aprender a esperar. Algo que nem sei ao certo se vale a pena, mas faço independentemente da minha vontade.  De novo, aqui, escrevendo de nós três. Pois é, a saudade se tornou minha mais nova companheira mesmo sem a permição, ela me acompanha a cada segundo do meu dia. E o nome dela, por coincidência ou não, é o seu. 


"Lembrete:. Desculpe, o texto nem ficou muito bom assim. Mas tente você escrever em meio a mais três computadores cada um com seu som extremamente irritante e alto, se conseguir se concentrar merece o nobel (isso lá é algum prêmio?). Anyway. Beijos, Lara Oliveira."

10 mini memórias:

owwnt, que lindo @@
O texto ficou ótimo *-* entendi cada palavra que você escreveu. realmente é difícil quando a espera é grande, e continuamos a esperar mesmo que seja inútil. uma hora, só Deus sabe quando, teremos a recompensa.
Impressionante, a dias, sério a dias eu estou tentando escrever algo assim, que mostre como eu me sinto sem ele, mas não dá, eu sei como é, então continue faz bem, bom eu passei aqui também pra falar que eu mudei de blog e agora é : www.bellsgalvao.blogspot.com qualquer coisa chega lá (:

xoxo
NOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOSSA FICOU ABSOLUTAMENTE PERFEITO *-* ESSE TEXTO DIZ TUDO SOBRE MIM, TÁ DE PARABÉNS! É REALMENTE RUIM SABER QUE A PESSOA NÃO VAI VOLTAR, E CONTINUAR ESPERANDO. ENTENDI TUDO QUE VOCÊ DISSE! UM BEIJO LINDA!
Ficou muito bom!!!

Descreve o que eu estou sentindooo!

Adoroo seu blog.

Beijooos
Eu achei que o texto ficou ótimo.
E sabe, só há um modo dele nunca voltar mesmo, e é se estiver morto. Eu sei, parece idiota demais, mas enquanto ele estiver vivendo as coisas podem mudar, ele pode voltar, e você pode não querer mais ele, ou pode, não sei, a vida é uma coisa complicada demais.
Posso não vir sempre aqui, mas me sinto bem sempre que leio seus textos. Você, mais uma vez, está de parabéns!
Amei Lara parabéns
Olá Lara aqui é a dona do blog que não dava creditos aos textos copiados do seu blog! Queria dizer se você entrar no meu blog você encontra os creditos do lado direito do blog na barrinha! Muito obrigado! E desculpas pelo incomodo!

Postar um comentário