junho 25, 2010

Deitei-me, todos os acontecimentos foram passados lentamente por entre meus olhos. Deveria ter falado mais? Deveria ter ficado quieta? Deveria.. É, eu até deveria ter falado ou não falado, andado ou ficado quieta, mas de que adianta isso agora? Isso são apenas memórias. Algo que de nada mais pode ser trocado, foi e aconteceu, virou passado. A máquina do tempo ainda não chegou, então o que me resta é ficar aqui, analizando meus feitos e, principalmente, não feitos.. Por fim, adormeço. 
Minhas memórias agora dão lugar pra um novo mundo, fantasia. Nada de tristeza, nada de medos, nada de tormentos. Eu não o quero aqui, eu o quero ali, eu não quero assim, eu quero assado.. É, pelo menos em meus sonhos tudo é como desejo. Mas sei que não irá durar muito, essa maravilha toda um dia acaba. No momento exato do final feliz, do beijo crucial, um som a mais invade a fantasia. Quebrando toda a magia, agora os apaixonados se distanciam, o final feliz se torna mais e mais distante, tudo desmorona. E eu acordo. Obrigada querido despertador, o mundo real me chama e por mais incrível que pareça, minha resposta é feliz. 
Não é porque seus sonhos não são perfeitos, que sua vida possa não ser também. 
Viva e verá, pois é, essa é a vida. 


_______

E enquanto você lê isso, mais uma cagada ocorre. 

6 comentários:

Thais Miranda disse...

que lindo *-*

Juliana P. disse...

"Não é porque seus sonhos não são perfeitos, que sua vida possa não ser também." muito muito lindo.

Carol Schittini disse...

lindoooooooooooooooo como sempre *-*

Gabis Morgante disse...

Parabéns amei o texto!
Achei seu blog muito lindo! *-*

Você escreve muito bem ! ^^

Se der visite meu blog:http://gabiiem.blogspot.com/

:)

Beeijos!

Sophia disse...

simplesmente amei o texto! Parabéns (:
seguindo ;*

Ingrid disse...

peguei