maio 12, 2010

Lullaby


Meu pai costumava cantar uma melodia pra eu dormir,
todas as noites, naquela mesma cama, 
e na mesma hora, era sempre assim, a mesma coisa.
A música é antiga, e nem sei se toda essa geração atual a conhece,
 mas devo dizer que no meu tempo era sucesso e não havia uma criança,
que nunca havia sido embalada nesses versos para sonhar. 

Fui no Tororó beber água não achei
Achei linda Morena
Que no Tororó deixei
Aproveita minha gente
Que uma noite não é nada
Se não dormir agora
Dormirá de madrugada



Oh! Dona Maria,
Oh! Mariazinha, entra nesta roda
Ou ficarás sozinha!


Sozinha eu não fico
Nem hei de ficar!
Por que eu tenho o meu pai
Para ser o meu par !

Ao som dessas pequenas rimas bobas, eu dormia. 
Sonhava com mil e uma maravilhas em meu pequeno mundo,
algo cheio de doces, risadas e brinquedos.
Quem dera hoje, escutasse essas rimas novamente,
ao pé daquela cama velha e sonhasse com meu mundo perfeito novamente, 
sem se arrepender de ter acordado pela manhã. 
E hoje percebo, que estou completamente sozinha nessa grande roda..

Aonde está o meu par?

3 comentários:

Thais Miranda disse...

owwwnt *-* lindo :D
AONDE ESTÁ O MEU PAR? hã? hã?

Paula Novaes ;] disse...

Você escreve mt mt bem .. te seguindo aqui :)

Lara Oliveira. disse...

Obrigada *-* Ah, e seja bem vinda Paula! ><